Seas-era

Concurso 2012

Com foco nas regiões do Oceano Atlântico e Mar Mediterrâneo.

Data limite para submissão on-line de propostas completas
24 de Maio 2012 às 17:00 (GMT).

Cooperação Transnacional

SEAS-ERA

SEAS-ERA é uma rede de 21 parceiros, incluindo 19 organizações nacionais de financiamento de I&D de 18 países e o Conselho Marinho da Fundação Europeia de Ciência. O objectivo geral da SEAS-ERA consiste em estabelecer uma plataforma de organizações de financiamento de I&D para a coordenação e integração dos programas nacionais/regionais de investigação marinha com vista ao desenvolvimento de uma estrutura europeia operacional abrangente para a investigação marinha em relação a ambas as bacias europeias (Atlântico, Mar Mediterrâneo e Mar Negro) e os desafios pan-europeus. Teve início em Maio de 2010 com a duração de quatro anos no âmbito do 7º Programa Quadro da União Europeia. Os principais sub-objectivos da SEAS-ERA são:

  • Melhorar a cooperação e a coordenação dos programas nacionais/regionais de financiamento de I&D para estabelecer uma Agenda Europeia de Investigação Marinha e Marítima;
  • Mobilizar fundos competitivos e não competitivos para a investigação de uma forma mais coordenada através de concursos conjuntos e programas comuns, respectivamente;
  • Propor um plano para uma utilização sustentável e melhorada das Infraestruturas de investigação marinha existentes, desenvolvendo uma visão comum;
  • Reduzir desequilíbrios entre regiões através da edificação da capacidade humana, contribuindo para estabelecer uma estratégia pan-Europeia de mobilidade e formação de recursos humanos;
  • Aumentar a consciência do publico relativamente às questões políticas e científicas marinhas e marítimas na Europa assim como enfatizar o papel da ciência na política marinha e marítima.
  • Concurso 2012

    Um concurso conjunto nas regiões do Atlântico e Mar Mediterrâneo esteve aberto para o financiamento de propostas transnacionais de investigação nos 3 tópicos seguintes:

  • Abordagem e modelos ecossistémicos para o Norte Atlântico;
  • Avaliação do risco de espécies exóticas invasoras – alterações na biodiversidade marinha;
  • Desenvolvimento de indicadores e de ferramentas de gestão e de apoio científico para a determinação do Bom Estado Ambiental (GES) no Mar Mediterrâneo;
  • A cooperação trans-regional é altamente encorajada, em particular nos tópicos A e C, i. e., através de estudos comparativos entre as diferentes abordagens regionais, comparação de metodologias e transferência do conhecimento entre ambas as regiões, etc.

    Os países/regiões participantes são Bélgica, França, Grécia, Islândia, Noruega, Portugal e Turquia.

    O consórcio da proposta deverá consistir em, pelo menos, 3 instituições independentes de, pelo menos, 3 países participantes diferentes.

    A duração do projecto deve ser entre 2 a 3 anos.

    A participação portuguesa numa proposta deve cumprir o Regulamento de acesso a financiamento de projectos de IC&DT.

    O financiamento da participação portuguesa numa proposta não pode exceder 150 k€.

    Para obter mais informações consultar o sítio oficial da rede e a pessoa de contacto na FCT.

    Contactos

    Dina Carrilho
    FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia
    Av. D. Carlos I, 126
    1249 – 074 LISBOA
    Portugal

    dina.carrilho@fct.pt
    Tel: (351) 21 392 43 81

    Sítio da SEAS-ERA

    http://www.seas-era.eu